domingo, dezembro 03, 2006


Eu te beijo. E se nesse beijo eu deixar todas as minhas expectativas? Deixo.

Se, acaso, nesse beijo eu perder todo o meu desejo? Valerá ainda o beijo? Esqueço.

O beijo pelo beijo, beijo, pela mão. Beijei, então. Diz-me, agora, por que não beijaria?

Beijo por hora. Beijaria por dias. Beijo por ser tu e por ti me perderia.

Beijo pelo mais-que-perfeito. Beijara... Beijo pelo imperfeito, beijava... beijo o imperfeito. Beijo o sem jeito. Beijo por não saber beijar. Por não saber beijar, não beijo. Beijo a barba. A barba me afaga. O afago que propicia beijo. O beijo que afoga. O beijo que ilude. Iludi por ser teu. Mas o beijo não é teu. Roubei da tua boca, tomei pra mim. Pronto. Teu beijo é meu. Meu beijo continua sendo meu, e o pedido, o mesmo...

Beija eu?

4 comentários:

Caio disse...

e volta a Bud criativa ^^
linda foto, lindo texto, só preferia um "Rouba o meu?" no final xP
amo essa cerveja vermelha
beijo

Cassio senil do sul do Brasil disse...

Beijo morangos.

Indecente.
(L).

Anônimo disse...

Eu não sei qual das bocas da foto eu prefiro.

B disse...

Por um beijo desses homens estão dispostos a cometer loucuras. Esse beijo real, essse beijo vivo, orgânico, esse beijo amado. A eu queria um beijo desses...