quarta-feira, janeiro 13, 2010

Assim, de papel.

Ser humano é uma folha de papel branca. A gente tem que sair por ai escrevendo nas pessoas; as pessoas. Tem gente que não sabe ser folha de papel, se fecha em capas limpas e não deixa ninguém encostar a caneta: gente que não gosta de ser história. Tem gente que prefere ser bloco de nota, tudo passageiro, tudo supérfluo, tudo para avisar, lembrar mas sem deixar memória. Eu escolhi ser só uma folha branca, solta. A mais branca que eu pudesse ser. Dessas que voam por aí em forma de aviãozinho e acabam sendo rabiscadas enquanto alguém fala no telefone. Gente tem que se deixar escrever, para nascer mais um livro nessa biblioteca torta e infinita que é a vida. A gente encontra por ai gente que é gibi, vive pequenas cenas, lindas e coloridas sem nenhuma trama complexa. Eu, no fundo, só fujo de quem foge da realidade de folha de papel e se espreme, espreme, espreme até virar uma bolinha. Pimba: com elas a gente faz uma cesta no lixo, com direito a comemoração. Tem gente que não quer e nem sabe ser folha. Mas não adianta:  ser humano, no fim, é uma folha de papel branca. Às vezes ela acaba suja, às vezes vira rascunho porém, inevitavelmente, todas são sem pauta, que é para gente poder escrever tudo torto: subindo e descendo as linhas que a gente teima em imaginar.

10 comentários:

Adriano disse...

Muito bom! Muito criativo!

Torto disse...

Gostei da "biblioteca torta" :*

eva disse...

como sempre surpreendente...

Lua disse...

Passem no meu blog: http://certezasdeincertezas.blogspot.com/

Picles disse...

As pessoas que não gostam de ser escritas gerlamente são as mais rabiscadas...
outro dia eu tentei escrever nas costas de uma amigo, mas a caneta não pegou direito, preciso de uma caneta especial pra esse tipo de coisa...

Marianna disse...

Acho que eu não sei ser folha.

Mayara Almeida disse...

Olá,
é com enorme prazer que li seu texto e te parabenizo pela brilhante maneira como escreve.
Gosto de ler blogs por aí e sempre que um me chama a atenção eu faço questão de comentar e sempre voltar a dar uma olhada para ver se tem coisa nova e eu confesso que me encantei com o seu espaço. Encontrei seu blog na lista de links do http://coloracoesdocerebro.blogspot.com/
e resolvi entrar...Adorei!

Parabéns.

Anônimo disse...

vc deletou o formspring pq ñ aceitou minha proposta? então vou por meu plano em prática

Rosa disse...

Não, querido. Eu deletei porque anonimato é uma coisa deprimente.. Faça o que quiser, sim? Liberdade de expressão é tudo! Mas mostra a cara, covardinho..

Anônimo disse...

Yes exactly, in some moments I can bruit about that I jibe consent to with you, but you may be considering other options.
to the article there is even now a without question as you did in the fall issue of this solicitation www.google.com/ie?as_q=avelox schering plough ?
I noticed the phrase you have not used. Or you functioning the pitch-dark methods of helping of the resource. I suffer with a week and do necheg