terça-feira, junho 10, 2008

E aí, tudo bem? Eu sei que você não tá bem
É claro que tudo bem. Por que não estaria tudo bem? Ele acha que eu não to bem.
Sei lá. A gente ficou meio desentendido, eu não queria te entristecer. Eu sei que te magoei
Ah, então é isso. Você tá perguntanto se eu to bem, no sentido de se eu to bem sem você. Egocêntrico.
É, né. Você gosta tanto de mim. Eu sei que gosta.
É, eu gosto tanto de você. Pena que você não entende, pena que você nunca entendeu, que eu gosto de você como gosto de qualquer pessoa que está comigo. Como gosto de qualquer pessoa que almoça comigo, me leva pra passear e me faz companhia. Eu gosto de você como podia gostar de tantos outros. Bom, mas fica bem aí. Não quero que você se preocupe.
Eu não tô preocupado. Eu nunca tive.
Legal, né. A gente se vê por aí. Quem sabe a gente se entende. Fica assim de boa. É, acabou o tesão.
Eu acho bom! Eu acho legal quando a gente fica. Só sobrou o tesão.
Eu também. Então tá. Tchau hein, se cuida. Se tivesse carinho, o tesão seria o de menos. Mas um nunca teve, o outro acabou. Uma pena, eu que te achava tão lindo.
Se cuida você também! Sem mim.
Sem você.

2 comentários:

Tássio disse...

E agora deu pra ler a mente dos outros, foi? =P
Ficou dez, nega ^^

Guto Leite disse...

Também achei uma delícia... triste, muito triste. recebi em lágrimas e risos. Beijos, parceira!