quarta-feira, dezembro 26, 2007

Explica aos poucos que eu sou burro. Como foi que tudo aconteceu? Não sei, meu bem, não quero falar sobre isso. Você me traia? Não. Nem em pensamento? Agora eu ter pensado no Chico naquela hora era traição? Eu to falando de chifre, mulher. Chifre duro e doído, você colocou em mim? Se tivesse colocado você teria sentido. Não provoca que eu não to legal. Você não é legal. Cara, nunca conheci alguém tão ingrata como você. Ingrata? Eu nem espalhei pro mundo aquele teu segredinho. Eu juro que te mato. Duvido. Mato. Você tem medo até do meu pai, seu idiota. Vamos lá, senhora sou independente-e-não-preciso-de-homem-pra-ser-feliz, me diz quantos foram os meus chifres. Você não vai me fazer dizer isso, no way. Nem se eu te odiasse mais do que já odeio. Então me conta em quantos caras você pensou quando a gente tava junto, colado. Não sei, mesmo, perdi as contas. VACA! Vai me dizer que você só pensava em mim... Vou, e digo mais, pensava em como te agradar, fazia tudo do jeito que você gostava. Eu gostava, é sério. E porque mesmo que tudo terminou? Porque você não tem ambição nenhuma, amor. Digo, fulano-de-tal. Eu tenho ambição sim. Ambição de que? De ser bom naquilo que eu gosto e que você ama. Viu só, eu te dei ambição. Eu te dei gosto. Eu te dei prefências! E eu tava cansada de ficar dando tudo pra você e nunca aprender nada; se você ainda fosse burro... não, era só acomodado. E isso era um suicídio pra mim. Acomodada era você que nunca me amou e ficou comigo só porque eu te idolatrava. E eu te idolatrava, de verdade. Eu te achava linda, interessante, pra mim o mundo inteiro queria te tirar de mim. Irônico, né? Foi você mesmo que me tirou de você. Mas é você que me completa. Qualquer uma te completa. Molde pronto, é fácil.
Mas eu quero que você seja feliz.
Eu também quero, linda. Então pronto, a gente vai ser amigo. E como vai a faculdade? Vai bem, ando conseguindo tudo que preciso. Eu sempre soube que você ia se dar bem. Você também merece o melhor. Beleza, a gente se vê? A gente se vê..por aí. Beijo. Beijo. Se cuida. Você também!



3 comentários:

B disse...

Relacionamentos são assim, se não há troca nao tem graça. Por isso que complementos funcionam:
azul com amarelo
chocolate com morango
letra com imagem...

e assim vai.

[t'aime]

Rosa disse...

eu só diria que você errou as cores



amarelo com vermelho


=*

Maria disse...

Pra mim, a melhor parte:

(...) E eu tava cansada de ficar dando tudo pra você e nunca aprender nada; se você ainda fosse burro... não, era só acomodado. E isso era um suicídio pra mim.

Beijos, linda.